WhatsApp Image 2020-04-17 at 12.15.21.jp

Rosana Paulino,"A permanência das estruturas" - 2017

Meu medo, meu terror, é se disseres:

Teu verso é raro, mas inoportuno.

Como se um punhado de cerejas

A ti te fosse dado

Logo depois de haveres engolido

Um punhado de framboesas.

E dirias que sim, que tu me lembras.

Mas que a lembrança das coisas, das amigas

É cotidiana em ti. Que não te enganas,

Que o amor do poeta é coisa vã.

Continuarias: há o trabalho, a casa

E fidalguias

Que serão para sempre preservadas.

Se é poeta, entendes. Caso é ilha.

E o teu amor é sempre travessia.

Meu medo, meu terror, será maior

Se eu a mim mesma me disser:

Preparo-me em silêncio. Em desamor.

E hoje mesmo começo a envelhecer.

Hilda Hilst, Júbilo, Memória e Noviciado da Paixão - 1974

flavio-de-carvalho-153-g.jpg

Flávio de Carvalho,"Experiência nº3" - 1956 

PLAYLIST TRÂNSITOS - SPOTIFY / YOUTUBE

Teresa_Margolles._Pista_de_baile_del_clu

Teresa Margolles, "Pista de baile del club Rodarte" -  2016

Renata Felinto, "White Face and Blonde Hair" - 2012

Wynn Holmes, "Move Freely" - 2018

Ayrson Heráclito, série ‘Sacudimentos’.

Simon Weckert "Google Maps Hacks" - 2020

Ayrson Heráclito, "O sacudimento da Maison des Esclaves" - 2015

MAX-087_A.jpg

Maxwell Alexandre, Díptico Trem, da série "Caravelas de Hoje/Reprovados" - 2018